RSS

Arquivo da categoria: musicbox

Vimeo test.

Depois de oitenta anos, fiz um perfil no Vimeo. Com ele, eu pretendo postar algumas filmagens em HD na época que eu tava em São Paulo, no mês de Novembro. Pra estrear, postei uma performance de uma banda brasileira chamada Garotas Suecas, tocando no Planeta Terra. E adivinha quem tava lá para prestigiar/dançar uma música que eles vão tocar no vídeo? Taca o play! 😀

#iguinSPTour2011: Planeta Terra! Garotas Suecas – Banho de bucha from Igor Maia on Vimeo.

(so 2011, mas foi lindo demais aquela hora. <3)

Anúncios
 

Calvin Harris, mercado pop e gente babaca.

hai mai neimi ês CALVE RÉURRIS

Eu adoro o Calvin Harris. É um dos meus DJs favoritos, se eu tivesse, o chamaria pra tocar na minha festa de aniversário, e ele lançou dois discos excelente: o I Created Disco (que, por sinal, nomeia o canal dele no YouTube) e o Ready For The Weekend. Como forma de trollar, digo pra muitos amigos que prefiro ele a David Guetta. E olha que os dois são farofas no mesmo nível, como disse a Flávia Durante, quando conversávamos sobre eles a algum tempo atrás. Enfim, toda essa explicação se deve ao texto a seguir.

Sábado eu saí. E meu pai, me levando pra balada, com minha irmã (oi, eu sou o Igor, e tenho 15 anos. Teria, se tivesse vivo) e uns amigos dela. E me deparo com Bounce. Bom, WHADDAHECK IS BOUNCE? THIS:

E enquanto tocava Bounce na Jovem Pan, comecei a ficar maravilhado de como o povo (aracajuano, sobretudo) é um antro de babaquice, sobretudo nesses detalhes infames que envolvem a música. Explico melhor com um outro fato ocorrido comigo.

Eu tava felizinho, ouvindo Calvin Harris. Um amigo meu (que não vou citar o nome) simplesmente reclamou que tava ouvindo Calvin e queria ouvir a Jovem Pan. Ok. Tomae. E toma remix de drag, músicas do eurobeat (apesar do nome, é um gênero PRA LÁ DE CAFONA, fica a dica ae), e Calvin Harris. Ele, claro. Não reclamou. Achou ótimo.

E qual foi a conclusão? THIS²:

(pra quem não conseguiu ler: Nego é tão babaca que, quando ouve Calvin Harris, pede pra trocar [ou seja, não gostou, e fica murmurando, e o troxa bota uma música pop da vida]. E quando toca CALVIN HARRIS na Pan, nem reclama. ME POUPE VIU)

É inacreditável como as rádios tem o poder de agregar babacas em relação à música. Babaca no sentido de torcer o nariz pro que é desconhecido e começar a gostar por tocar nas rádios da vida. Eis o mercado pop, senhores.

Lady GaGa é um exemplo. Ela era apenas uma loira bonitinha que cantava Just Dance e, se tocasse numa rádio aqui, era um choque. Hoje em dia virou uma grande estrela do pop (RAINHA NÃO; Madonna <3) em apenas 3 anos e todo mundo a conhece. Tvz mais pelo estilo que pelas letras ou pela música (mas o Born This Way é bão.)

Outro exemplo: David Guetta. Mermão, na moral: você realmente conhecia? Ele um dia desses era dj de coletânea do Multishow. Hoje em dia todo mundo quer trabalhar com ele. O QUE É UM INFERNO.

E mais recentemente, Adele. Artista formidável, com uma puta voz. Ela já existia a tempos. Mas o pessoal só foi conhecê-la agora, com Rolling in The Deep, etc.

Eu fico puto pq vejo que muita gente às vezes tem uma preguiça do novo, e só quer saber do que realmente conhece, do que é seguro. Isso não vai pra lugar nenhum. Evolução ocorre quando você abre a sua mente pro novo e pro desconhecido. E não em viver numa realidade que você está acostumado. 🙂

(acho que tudo isso é só pra dizer uma coisa: o carro é meu e boto o que quero. e tá achando ruim, vá de ônibus. beijos.)

 

Marcha pelo direito de ser grunge poser por algumas horas.

Ultimamente temos visto muitas marchas pra gente reinvindicar nossos direitos. É um direito salutar, válido. Apoio. Daí eu vim fazer a minha.

~A MARCHA PELO DIREITO DE SER GRUNGE POSER POR ALGUMAS HORAS~

Falo isso pq nem de grunge eu gosto. Mas há apenas uma banda que curto pra caralho. E é o Foo Fighters que, por sinal, veio do finado Nirvana (sobretudo o Dave Grohl <3<3<3).

Basicamente? Tirar uma hora do dia da gente, OS HATER DO GRUNGE, ouvir Foo Fighters e ver que é um gênero legal. Clichê. Mas legal e muito, muito divertido. ^^’

E fiquem com Back and Forth, uma música do ótimo Wasting Light, o último trabalho deles. Uma curiosidade: sabiam que este é o nome do documentário deles? Descobri no Google. :p

Boa Noite a todos.

A música taí. E do documentário, o site oficial é esse.

 

A fonte de inspiração deste blog.

Muita gente se pergunta o pq do nome ser me odeia deita na BR. Simples.

1) Exercício de autoafirmação.

2) Autoafirmação implica em biscatice, e biscatice no Twitter lembra? ISSO, THAYANNI RAFAELLI E O TIPOS DE BISCAT!!!

3) E como toda boa bisca, ela se inspira nas letras motivacionais do Aviões do Forró. SÉRIO. QUE BANDA #WINNING. ❤

Sem mais para o momento, bom dia. 🙂

 

>REVISÃO DOS MEMES NOS ÚLTIMOS MESES (ou o post que o Sorte de Hoje deveria ter)

>Olá, internautas (dilma),

Já sabem que Dilma é a nossa presidente, Aguilera vai lançar um musical com a Cher, as Americanas tá vendendo DVDs de séries e filmes a 30 reais, a webjet é apertadinha… Mas não sabe dos vídeos que tão (ou tavam, né) bombando na Internet. Vim pra fazer um RÁPIDO recap pra você se tocar do que tá rolando. VEM, GENTE [/xuxaverde]

(disclaimer: este post serve também a você que acompanha o meu Tumblr, o sorte de hoje. obrigado pela clicadinha. =*)

1) O ET BILU:

QUER DIZER. Bilu. UM ET. UMA LENDA. UM MITO. UM GRITO. Na boa, se você NUNCA viu, merecia MORRER *BANG* Mas sério. Tudo começa com um ar fajuto de ficção científica feat. drama, em busca do extraterrestre que decidiu desbancar o famoso ET de Varginha. Ou o Chupacabra. (reza a lenda que ele está em Aracaju, cuidando de um barzinho #INTERNA) Mas comovente é o diálogo, que se resume no seguinte:

– Bilu quer uma coisa.
– repórter tentando barganhar com uma OSTRA.
– Bilu emanando luz. (tbm, com esse apelido…)
– E Bilu fazendo A PEDANTE. (busquem conhecimentos)

Só queria dizer que, mesmo me dando AFLIÇÃO nesse vídeo (juro), acho que é fake. Mas, se não for, o bilu tem uma pele que é parecida com um pessoal que tem doença rara. Tipo, A Ictiose do tipo Harlequin. (não botei imagem aqui pq, olha. FICA POR TUA CONTA E RISCO. Joga o termo no Google. E aflija [?] comigo. =~~~ [/epicdrama])


Mas, mudando de assunto. O @casagrande_ (um querido, por sinal) viu o Bilu em uma revelação surpreendente. (NÃO REPAREM NA BELEZA DO MOÇO, POR FAVOR? FOCO NO BILU)

para maiores detalhes, siga o Carlos e faça as perguntas a ele, flw


2) I WHIP MY HAIR BACK AND FORTH (x 873 vezes)
(obrigado pelo gif, Clóvis!)
HIT DE 2010slash11. Na boa. Imagine você, do nada, ouve essa música na rádio? E começa a agir que nem a moça endemoniada do video? É, amg. É. E a música gruda no chiclete. O refrão é por deveras maneiro, e bem dançante. E ó. CRIADO POR UMA MENINA DE 10 ANOS. E Rihanna, aprenda, viu? Um beijo.
3) ARETUZA, A MULHER QUE VOMITA. [/eca]

Acho que TODO MUNDO viu. Menos eu. Mas eu dispenso a olhadinha pelo seguinte: filmar uma pessoa vomitar é meio grotesco. Eu aaaaaaaaaaacho. Nada contra quem curte. Mas uma dica: clica o vídeo pra ir no YouTube e veja o subtítulo: O BLASTOISE BRASILEIRO. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK SIMIJEI

No mais, erh. Sem mais.

4) TULLA LUANA, A CONSUMIDORA QUE QUER O SEUS DIREITOS

Era uma vez, uma senhora. Ela joga os apps do orkut. Se sente lesada com uma empresa terceirizada do Google. E decide fazer um video. Não só um. Mas VÁRIOS vídeos. Até um pra ROSANA HERMANN (e ela reagiu dando um hadouken num post. veja aqui.).

Mas… E você? O que acha que falta? O que deveria ser colocado nessa temática? SE JOGUE NOS COMENTÁRIOS, SEUS LINDOS. Ou ligo pra Cheryl Cole que se entupiu de feijoada com repolho roxo ir pra tua casa e soltar um peido gostoso. Beijos.

 

>DON’T WANNA SHORT DICK MAN

>

Certa ela, né.

 

>Momento guilty pleasure de hoje.

>

Acho que todo mundo que vive nessa Internet conhece o DJ Cremoso, famoso por fazer remixes que tenham um ar do Belém do Pará. Ou melhor, do tecnobrega. UMA DILISSIA, CERTO?
E muitos conhecem MARAVILHAS como Human (CRÁSSICO), Pokerface (uma dilissia²) e Idiotecnobregaque (que ouvi durante dois dias, no repeat. JURO).
Dado este fato, o maior sonho deste blog é entrevistá-lo. Mas como ele tá muito hype, e este blog ainda não saiu do ostracismo, olha… Tá difícil.
Mas vamos aos finalmentes. Detesto Ke$ha, e Animal é uma das BOSTAS de 2010. Salvando TiK ToK, num tem uma que se salve. Mas o remix desta música ficou BABADEIRA. Bota pra tocar na tua festinha no fds que vem, certo? Um beijo. E sensualize com o Belém do Pará.
Pra mais bayonettagens (beijos, @goiaboo), clica aqui.