RSS

Arquivo da categoria: hipóteses loucas

Curso das magnéticas e o medo atual da solidão.

Esta semana a Internet estava impossível. Além das groselhadas que fui obrigado a ouvir/ler durante a semana, juntamente com um projeto de lei chamado ESTATUTO DO NASCITURO (sério, procurem no Google pra ver a marmota que é essa lei), uma das coisas que mais me chamou atenção foi o show das magnéticas.

A minha reação foi PRATICAMENTE ESSA.

A matéria, como explicitada no site da Folha (dica: abre esta matéria na janela anônima no seu navegador se você estourou a quota de leitura), fala do curso que uma mulher oferece àquelas que querem um marido. Muita gente se revoltou, xingou muito nas redessociais, achou um retrocesso depois de tanto tempo das mulheres lutarem para alcançar seus objetivos…

Seguem os melhores trechos:

“Na abertura do curso, Eliete explica que, como a Lua, as mulheres têm fases e é preciso respeitá-las. Pelo menos uma vez por mês, a mulher deve tomar um banho mais demorado e tirar um dia para apenas ingerir líquidos, cuidados que, avisa, se perderam com o tempo.

Após esse breve prólogo, dá-se início a um capítulo sobre etiqueta. Na tela está uma imagem de um sutiã em chamas. A professora diz: ‘Não foi nossa culpa que elas fizeram isso, mas precisamos resgatar a feminilidade e a tolerância se quisermos relacionamentos duradouros’.

(…)

Para a psicóloga Ana Letícia Pereira, 30, o capítulo foi bastante proveitoso. Ela acredita que perdeu um partidão por ter feito um pedido diretamente para o garçom durante um jantar. ‘Demonstrei ser independente demais.’

(…)

Um dos slides mostra que 50% das pessoas não querem parceiros acima do peso. A própria Eliete costuma rejeitar gordos em sua agência. “Sou carinhosa e assertiva, digo que se ela emagrecer aumentará seu leque de oportunidades”, explica. Mas há gordos magnéticos, não?, a reportagem pergunta. “Não é o que dizem as pesquisas.”

(…)

A primeira regra é a pontualidade. “Qual o problema em deixar um pretendente com uma Mercedes esperando na porta da sua casa por 15 minutos?” “Todos”, responde a plateia. São Paulo é uma cidade perigosa, além de ser sinal de falta de respeito, segundo as participantes.

Outro item elementar é o salto alto. “Sei que rasteirinhas e sapatilhas estão na moda, mas para atrair devemos usar salto”, diz Eliete. Ela mesma não descansou um segundo do seu salto 12.

(…)

Quem quer relacionamentos duradouros não deve transar na primeira noite, e o homem é quem paga o primeiro jantar. Mas a magnética também pode ser ousada e ligar no dia seguinte para agradecer o passeio, diz a professora, que informa estar há um ano e meio com um novo amor, após o divórcio.

Haja bobagem, né? Também acho.

E comecei a pensar se isso rolar com os homossexuais do sexo masculino (sim, você mesmo, guei): seja másculo. aprenda a ser versátil (se for passivo). use barba. tenha carro e se vista bem. malhe na academia que nem um condenado. Enfim, você ser um projeto de macho alfa.

É algo que tenho escutado isso dos meus amigos: não arranjo ninguém pq não me cuido, não ajo como dito “”””homem””””. Infelizmente, tenho de concordar. Gente freak não arranja ninguém tão facilmente.

E é por isso que esses cursos de “etiqueta” fazem sucesso pelo seguinte: mais do que ser feliz, nossa segunda principal meta na vida é não ficar sozinho.

A sociedade anda tão agressiva e competitiva que parece uma conditio sine qua non ter alguma espécie de namoradx. É como se representasse uma espécie de triunfo sobre as pessoas. “TÁ VENDO? EU NAMORO PQ SOU MARAVILHOSO, E VOCÊ?”.

As pessoas, mais do que nunca, ultimamente querem uma companhia. Uma companhia dos sonhos. E daí, você precisa se moldar aos sonhos das pessoas pra atrair xs eventuais pretendentes. Nem que para isso você tenha de ser uma moça casta e delicada/um moço garboso e elegante dos anos 50, o que deixa as feministas urrando de raiva. Você pode ter até uma companhia, agindo como uma boneca. Acontece que essa companhia será boa pra você? Nunca saberemos.

É nessa ânsia da gente não querer ficar só, aliados aos nossos sonhos absurdos (ainda que inconscientes) de estórias inesquecíveis que queremos vivenciar, além do indivíduo inseguro de si e com medo de ficar sozinho no mundo que é submetido a esse tipo de curso pra se tornar uma magnética.

Você pode até não ficar sozinhx, dada a alta taxa de sucesso, mas aí vem a grande pergunta: ser amadx por todxs, mas cuja personalidade não condiz com a sua essência, ou ser você mesmx e correr o risco de ficar só?

Acredite, não é uma pergunta fácil.

Anúncios
 

Tags: ,

Viver sobre mais de um século… E Niemeyer.

Refletindo sobre os 104 anos que Niemeyer viveu, encerrados nesta noite, eu postei no Twitter:

“mas caras, PRA Q VIVER TANTO? A vida só é legal até os 60. depois disso, af.”

Talvez vocês fiquem putos comigo dizendo: AH MAS NÃO É POSSÍVEL COMO É QUE VOCÊ PODE FALAR ISSO?????//// Eu explico.

Viver muito é privilégio de poucos. Ainda mais o Niemeyer. Poxa, ele viu inúmeras guerras, um monte de fatos que marcaram o século XX. Certamente, conversar com ele poderia ser fantástico. Mas… Viver muito e ver fatos passando na nossa vida acaba “ofendendo” gente mais nova, e aí começam a zombar do fato de ser velho ou de ser ~imortal~.

Não quero viver pra ver isso. E pra outras coisas também.

A sociedade é cruel para com quem é mais velho. Parece que ser velho, nos dias de hoje, é imoral. É chato. É ultrapassado. Muitos de nós ficamos azedos com pessoas que nos comandam pelo fato de não entenderem direito coisas feitas por gente mais nova. Pelo fato de representar o feio, o ruim. Pelo fato de você rejeitar uma pessoa só por ser mais velha e recriminar pq, sei lá, ainda gosta de ir a balada. E nem falo da aposentadoria e dos eventuais problemas de velhice que IMPLORAM por ajuda médica.

E eu, que sou um cara individulista e que ODEIO depender de alguém, essa ideia me apavora.

Eu sei que vou ter uma vida adulta relativamente tranquila, mas dado o fato de me conhecer bem, viver por mais de 60 anos me assusta. Me deixa bem bolado. Eu sei que tenho apenas 24 anos e que posso mudar de ideia depois dos 30 ou 40, mas sei lá. Viver 100 anos pra ouvir escrotice de um pivete que sabe nada da vida não é algo muito legal de se fazer.

[postei isso no meu facebook]

PS 1: O texto de Nina Lemos falando sobre as “”””velhinhas”””” que abalam o showbiz, Madonna (VÉI, MADONNA AINDA NÃO È ~VELHA~, ACEITEM) e Rita Lee;

PS 2: Este tweet interessante do Evsu;

PS 3: Esta música é para combinar com o post.

 

Recap dos últimos dias da minha vida.

1) dos 30 dias com Android (e minhas lições de ter sido assaltado)

Setembro, dia 29. Finalmente havia chegado o celular que tanto queria. Um Galaxy X (ou Nexus, por causa de probleminhas que tivemos no Brasil). Fiz uma festa. Comprei um celular muito legal, bonito, estiloso, com funções que não teria no meu Nokia C3 de guerra. Aí tá. Fiquei usando por 30 dias até ser assaltado. Coincidentemente, no dia 29 de Outubro. Roubaram meus dois telefones. E o dinheiro na minha carteira (que sobrou do Rio).

(quem tiver lendo isso favor NÃO CONTAR AO POVO DA MINHA CASA pq senão quem fode sou eu obrigado)

E acabou mundo. Senti que cortaram dois braços. Simplesmente amputaram o pouco de felicidade que tenho na vida. Um celular que comprei com o suor do meu trabalho, e o dinheiro que economizei na viagem que fiz ao Rio. Fiquei atônito, chocado, desnorteado. Chorei várias vezes. Foi uma violência psicológica muito grande. Não recomendo a ninguém.

E do pouco tempo de Galaxy Nexus, às vezes me pergunto: vale a pena viver uma vida que você não quer ou que não pode viver a vida que você quer? A vida é maior que tudo isso? Os crackudos merecem viver? Bandidos  que roubam pessoas honestas todo-santo-dia merecem estar vivos? Deus está me testando, me dando uma lição ou me dando algum tipo de sinal? São perguntas que me faço durante o dia.

Sabe, a sensação de ser assaltado (e pior: de não contar aos seus pais para eles não se preocuparem/se chatearem/se aborrecerem, achando que a culpa é sua; disse a eles que meu telefone ficou pra assistência; vou comprar um outro x/nexus esta semana) é horrível. A cena me vem várias vezes. O meu telefone indo embora. O Cerberus e o Prey não funcionando mais. E o dinheiro, que servia pra pagar minhas dívidas? Onde irei arranjar essa grana, uma vez que usei o salário pra pagar minhas outras contas? O ladrão dificultou minha vida, me deixou triste. E quero muito que ele se foda.

Pq vou ter compaixão cristã se ele não teve comigo no momento do assalto? Se quisesse uma grana, que vá trabalhar, ou pedir esmola. Mas me assaltar como ele foi é foda. Me senti ultrajado.

Não vou mentir que o Estado deve melhorar muito na Educação e na distribuição de renda (o Brasil está entre os países com a maior desigualdade social do mundo), e deve dar chances às pessoas para crescer e ser alguém na vida. Mas acho que o “Não Roubarás” deve ser aplicado a todos nós. Desde eu, até os crackudos e políticos que gerenciam a máquina estatal. E, quem não seguir, que morram. Decapitados.

Direitos Humanos, sim. Mas para quem é honesto, trabalhador e que respeitam outros seres humanos. E os seus bens.

E das lições?

1) crackudo merece morrer;

2) fazer seguro é a melhor opção;

3) testar seus apps de segurança;

4) já falei que crackudo merece morrer?

2) Ah, o Rio?

Viagem maravilhosa, conheci amigos lindos. ❤ O final de semana foi bem bacana, e pude conhecer algo que não conhecia do Rio a algum tempo atrás (14 anos kkkk). Mas vamos às constatações:

2.1) cara, que cidade linda. Caótica, como qualquer cidade grande. Mas linda. Linda, com gente bonita, com um astral bacana. 🙂 Entendo pq tem tanta gente apaixonada pelo Rio de Janeiro. Fiquei bem triste (e meus amigos tbm) por ficar só no final de semana. Mas eu volto, gente. Eu prometo.

2.2) o carioca. cara, o carioca é um povo muito bonito (E QUEM FALAR QUE NÃO É VOU DIZER QUE É RECALQUE). Mas sabe? Eu achei meio antipático. Sabe aquele povo que acha que é bonito e acredita e faz carão pra tudo? Foi o que achei do Rio. Outra coisa: achei o povo do Rio um povo mole. ISSO QUEBRA O MITO. VÃO DEIXAR? ~mythbusters~

2.3) melhores praias… E as baladas? A Praia de Ipanema, meu Deus… Que delícia! <3333 Uma praia super do bem, com gente diferente, pessoas legais, um clima bacana… Das duas vezes que fui com os amigos, amei nas duas. Na moral! Eram pessoas de todo estilo. Se bem que fiquei meio envergonhado de ter ficado sem camisa. hahahahahaha Em contrapartida, nas baladas… Blz que tive sorte de ir a duas festas legais. Uma que a Polly organizou na Casa da Matriz (e eu gostei e achei super organizado; tinha um pessoal bonito na festa e eles tinham mojitos e outros drinks maravilhosos <3) e outra com o DJ Waldo Squash na Fosfobox, da gloriosa Gang do Eletro ❤ (dancei até com a Keilinha da banda, MELHOR COISA DO MUNDO <33333). Mas… O Rio não é tão diversificado nas baladas como em SP. Queria fazer escalas enormes (MESMO MORTO) pra emendar nas baladas, mas nunca achava uma coisa legal (ou bagaceira) pra ir. Mas acho que devo ter ido no final de semana errado, pq vcs, cariocas, vão ter VALESCA, GABY AMARANTOS E MAIS DE MIL (sdds vem ser minha cliente). <333333 E vcs querendo morar num engodo chamado Aracaju FAÇAM-ME O FAVOR VIU

2.4) amigos que fiz: beijos pro Cássio, Gilberto e Daniel (por um dos melhores jantares da minha vida <333333); pro Daniel (de novo rs) e pro Thiago (pela praia massa de Ipanema, pelas trolladas no app-laranja-e-preto e pelo Fellini, que é um restaurante a quilo sensacional); pra Lua (minha mai, e o namorado dela, Bruno), Ly (e o marido dela, o André), Bi e Dani pelo jantar incrível, pelas conversas maravilhosas e pelo Ice de Kiwi maravilhouso (SDDS); e pro Bruno e pro Diego, pela companhia maravilhosa na praia (tô devendo uma ida a Nitcheroy. Vai ser MEMORÁVEL. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA). E é isso, tô com saudades de vocês, das conversas, das companhias, de tudo. Prometo. Voltarei logo pra amar mais vocês. E quem não me viu, ver-me-á. MUAHAHAHAHAHAHA =p

2.5) PAI/MAITROCÍNIO: agradecimentos ao pai pela companhia na viagem e à mãe pelo financiamento do meu final de semana. Foi massa demais. Amo vocês sempre. E me desculpa por não ser um bom filho de vez em quando.

3) Revendo planos e metas…

Comecei a comer menos nas refeições. Quero ser mais magro. Tá até adiantando. Tenho comido mais salada, mais coisa saudável… Sò falta ter uma coragem legal pra jogar Dance Central. hahahahahahaha Ademais, preciso fazer um resgate espiritual a minha pessoa e achar respostas a alguns dilemas que eu tenho. E tentar achar o rumo na minha vida, e chega dessa divagação filosófica pq vcs não merecem. Boa Noite.

E fiquem com:

<33333333

 

União Gay e Fins de relacionamento.

Alô fãs da biscatage e bayonettage, e alguns fãs de blogs como o #tefodemuleque ou a #sortedehoje: TÔ NO WORDPRESS AGORA. EEEEEEEEEEEH

O motivo se deve porque eu simplesmente enjoei do Blogspot e meus oito blogs hospedados (o #wowitt, que fala da minha luta pela perda de peso, ainda continua a todo vapor), e também pq eu tava cogitando em criar um espaço para expressar as minhas ideias. Pq Twitter é bom, dinâmico, mas para textos densos, não é lá MUITO LEGAL. Daí vou ver se escrevo algumas coisas legais, e o melhor: vou ver se importo os melhores posts dos meus 92384784575845 blogs.

Pronto. Eu prefiro que me apresente no final do post. Queria jogar umas ideias a vocês hoje. Topam? (se não, por favor, fechem o navegador e voltem outro dia. não tô aqui pra fazer média.)

1) União Estável Gay. E daì que hoje começou o momento histórico da História Judiciária Brasileira, com o julgamento, pelo STF, das ADPF nº 132 e da #ADI nº 4277, que podem homologar a união civil no Brasil. É um avanço, que os radicais e religiosos (não são a mesma coisa, flw) querem fazer de tudo pra barrar. A fins de comparação, um casal de homossexuais, em uma união estável, têm 112 direitos negados, em relação a uma união estável de heterossexuais. O Ayres Britto, um dos ministros do STF e é da minha terrinha (Aracaju), fez uma tese muito foda, e queria que vcs lessem neste singelo link.

O que as pessoas não entendem é que união civil, casamento… Poxa, as pessoas têm o direito de constituir família. O próprio Ayres disse que família não é aquela que é formada por pai e mãe. é aquela que tem irmãos, primos, casais gays… Quando há afeto num núcleo, então pode haver família. E o reconhecimento da união estável de homossexuais pelo STF é um importante passo pra abranger esse conceito.

Agora, não me irrita nem isso. É o mundo gay que tenho visto e que tem causado certo desapontamento.

Salvo algumas exceções (e nobres, por sinal), parece que todo mundo caga pra isso. Seja pq não quer casar, seja pq tem dinheiro e pode casar em Buenos Aires com o boy… Brasileiro é um ser politicamente apático por natureza, é fato. O problema é que vi muita gente boa (e gay) IGNORANDO um avanço importantíssimo. Tem noção?

[nota: Por mais que o Ayres Britto tenha feito um voto SENSACIONAL, ainda não podemos contrair união estável. Ou seja, temos 112 direitos a menos que um heterossexual. Você acha isso JUSTO? Você nascer com o fato de gostar de alguém do mesmo sexo, paga os mesmos impostos que os héteros, fazem as mesmas coisas que os héteros, e não poder doar sangue ou ter conta conjunta de banco pq NÃO PODE SE CASAR?]

É um direito seu não querer saber disso, mas ignorar demonstra apatia, caralho! Não se manifestar, ficar omisso pq tem medo que seja interpretado errado é muito feio. Tudo bem que você tem seu pink money, e nego faz semanas gays pra atrair gente que consome muito, mas nem todo mundo tem muito dinheiro. O mundo não é um Queer as Folk, ou um Glee. O mundo real é mais duro. Tem gente que apanha todo dia, gente que vive com um companheiro, mas que vai ficar sem nada quando morrer, herdando aquela família homofóbica… Tem de lutar pra mudar essa realidade. Seja com ações, seja com palavras, seja com pensamentos.

E eu queria discutir a questão do GAYSTAPO (HEH), mas isso merece um post à parte. 🙂

2) Fins de relacionamento. Falando em casamentos e etc., veio uma coisa triste em mim. Sabe naqueles dias que seu amigo tá numa pior, e você nem sabe sequer o que dizer a ele? Passei por isso. 😦

Simplesmente, houve um fim. E meu amigo não soube contornar a situação como devia. E eu, tentando acalmar os ânimos, parecia que não sabia mais falar a ele o que proceder. Era como se meu interior dissesse: você não tem mais nada a falar. Melhor ficar calado e dar força. E eu: ok, né. Pior nem é isso: pior é que quase começo a chorar pq não sabia como fazê-lo ficar pior, sem levar em conta que ele tinha ideias meio absurdas, que não comentarei neste espaço, obviamente.

Marcaram terapia pra eu ir, ajudar meus amigos a chorar as mágoas, etc. Mas eu não podia ir (minha mãe ficou PUTA pq cheguei tarde ontem :p), e marquei uma convenção no msn. Bom……… PRECISO DIZER QUE IGNORARAM A MINHA IDEIA? Tá. Depois disso, acabei enjoando de gente, nem fui, e tô aqui, com esses momentos meus, tomando uns bons drink. HAUEHAUEHAUEHAUE

A grande verdade é que relacionamentos acabam, e você vai sair chorando neles. CLARO. A questão é: olhar pra cima e viver. Sempre. Sofrer por algo ou alguém é penoso. Não vale a pena. Aliás, não vale a pena agregar pena das pessoas (que é diferente de você ser solidário com um coração aflito). Não se esqueça que você não é o herói na estória; até pq você vai fazer vilanices um dia, podendo até mesmo ser um anti-herói (trecho baseado na Gloss nº 43 que li, rs – ih me senti o Felipe Luno agora; aliás, esse trecho tirei do texto que ele escreveu pra revista)

E enquanto pessoas sofrem no final de uma futura estória bonita, eu sofro por faltar estórias bonitas que eu vivi. Um namoro que eu olhe e diga: foi bom. Eu até tive recentemente, mas o término foi tão esdrúxulo que simplesmente explodiu muitas virtudes que ele tinha. E ainda continuo no caminho de ser feliz, tentando me completar com um smartphone, já que ser humano anda em falta comigo. BTW: viram esse Galaxy S2 (NUNCA QUE VOU CHAMAR DE S II; adoro nomeá-lo SMARTPHONE DO AMOR)? Me apaixonei. LITERALMENTE.

Quanto mais conheço os humanos, mais gosto de computadores. Este é meu lema. Esta é a minha vida. E estas são as minhas regras. 😉

 

>analyzer: NOVOS POKÉMONS, PURA MAGIA [/ironia]

>Oi, tudo JOIA

Voltei depois de um tempo sem postar. =)))

Boa Tarde pra você que tá MUITO FILIZ com um Nintendo DS e acha que tá abafando com fotos “sou-divão-do-orkut-style” que você posta no TUINTER e espera alcançar a relevância meritocrática informal da Internet:
linda eu magina???

Eu nem vou falar que a foto é o dono deste blog pq seria uma vergonha e OH WAIT, mas eu JÁ sou uma vergonha, então…
Depois de um tempo longe fugindo com Geraldo em Paris [/leona], decidi voltar ao meu posto legendário de analista de banalidades aleatórias, um trabalho que ganho NADA com isso. Mas que eu simplesmente AMO DE PAISHÃO fazer isso. Mas vamos falar sobre…
Glee? Não.
True Blood? Não.
VMB? Não. O RSFD tem uma resenha ótima sobre isso.
Vou falar sobre os NOVOS POKÉMONS DA GERAÇÃO BLACK/WHITE QUE FORAM VAZADOS (?) ESSA SEMANA
*BOOOOOOOOOOOOOOOOOM* pra você que é viado e pensava que eu ia comentar sobre isso. Mas gente, vamos ser francos? Quem viu a nova setlist dos bichinhos, você ficou FASCINADO com algumas criaturas. A exemplo do:
Este é o Dangoro¹ ou, como disse @dedeydonelli dia desses, um pokémon com cara de cu (APAGAR). Bom, aí você olha e decide treinar um POKÉMON COM CARA DE CU, que faz CU DOCE pra tudo, até pra quando tá feliz. Você acha isso uma bomba? Segura a minha mão. Pq você não viu na. da.
Vou fazer uma escolha de pokémons que merecem ser comentados. Ao fato de uma das evoluções finais de um dos pokémons iniciais ser…
UMA COBRA. (que cobra linda, você pensa). NÉ. O novo Arbok/Seviper da geração é uma cobra. O nome? JARODA. (claro que esses nomes não serão na forma ocidental. Recomendo que este seja: Snagrass. KKKKKK ~APAGAR) 
Das coletâneas de bizarrices (MELHOR PARTE) vamos a algumas delas, e dentre elas…
UM POKÉMON CATACUMBA!!11
UM POKÉMON SORVETE!!11
UM POKÉMON SACO DE LIXO!!111
UM POKÉMON LUSTRE!!11111
UM DIGIPOKÉMON!!!11
UM PORCO MORCEGO!!1111ELEVEN
Tá assustado com tudo isso? Então, vamos aos pokémons melhores desenhados, ou antes que você não durma:
Se brincar, este é um dos pokémons mais bonitos que já vi. *______________* UM CISNE. Né lindo? Claro que é, se você não acha é um recalcado. [/quinta série]
QUER DIZER, SEM MAIS?
Já pode treinar? *____________*
Tio tartaruga, é você???
Parece vilão japonês. >.<
Pokémon toupeira, escolho você!
SINAL DOS TEMPOS: Um pokémon lendsário Bayonetta piriguete. *_____________*
ALEGORIA DE POKÉMON PLANTA: DEZ.
Tá lindo, veado. ❤
Voltamos aos… Outros.
Esta é a Chansey da nova geração. Nem parece o OVO-MÃE que era a Happiny/Chansey/Blissey, comparem vocês entre esta foto acima, e a de baixo:
A Tabunne (o nome do indivíduo) parece mais aquela cachorrinha mimada da vizinha que rouba seus doces todo domingo, em vez de um pokémon que tem habilidades de enfermeira, como a Happiny/Chansey/Blissey. HUNF. >=/
E esse trio de macacos com o cabelo todo cagado? Provavelmente, são as evoluções dos pokémons dos primeiros líderes de ginásio (SIM. SERÃO TRÊS LÍDERES DIFERENTES no primeiro ginásio. Mas provavelmente, tu vai jogar com um que tenha vantagem sobre o seu inicial). Mas nada confirmado… E quem sabe mesmo é a Famitsu, que deu 40/40 pra este Pokémon. SÉRIO.
Só coloquei pq achei muito tendência um Tauros com cabelo afro. *BANG*
E esse tem a habilidade DOWNLOAD. Sem mais.
No mais, a quinta geração foi considerada a MAIS FEIA DE TODAS. (tudo bem que a terceira e a quarta não são as mais bonitas. mas convenhamos que a quinta foi uma completa digimonização da coisa) Tem muitos que se salvam, mas tirando a prova dos nove, a equipe do Ken Sugimori não estava assim tão inspirada assim.
É. Logo você, Game Freak, que fez SURGIR o movimento anti-Pokémon (liderado por Digimon) e vocês tão modernizando a coisa? TRAIU O MOVIMENTO POKÉMON, MANO.
Fui procurar na Bulbapedia algumas informações dos novos pokémon, mas ainda não se encontrava (nem a arte do Ken Sugimori tem ainda), mas no Serebii.net tá JORRANDO informação (hoje passei por lá e tava sem imagens). Mas tô com um pé atrás na veracidade… Vamos aguardar mais informações destes pilares em pokémonologia. =P
(link pra baixar estas e mais imagens AQUI. Obrigado ao @marcelowariss, @iagoalmeida, @lucah, @joaolusvardi, @dedeydonelli e outros que são fãs de pokémon e estavam acompanhando a nossa discussão. <3)
 

>analyzer: Felipe Melo, o jogador.

>

 

De uma das nossas fontes, o Retratos da Vida:

 

Felipe Mello, jogador da Juventus com o passe avaliado em 25 milhões de euros, está passando férias em Búzios, no Rio, acompanhado da mulher, Roberta. Mas, pelo visto, o atleta não acha que o Brasil é um país seguro. Felipe contratou um segurança particular que o acompanha a todos os lugares. Isso inclui até mesmo dentro da água da Praia de Geribá. Dá só uma olhada na foto abaixo. O grandalhão atrás do jogador é seu guarda-costas.

Aí a matéria nos encerra com uma bela imagem que pode surgir interpretações, digamos, maliciosas:

 

 

Proteger LITERALMENTE as costas, a parte do AíNãoPode (piada de ht podre) ou… O segurança é pra complementar as emoções pessoais?

Fica a reflexão do dia.

 

>…e se Thaïs Bezerra me entrevistasse? REFLITA

>

 

Quem me acompanha no Tuiiiiiiiiiiiiiiiiiiter e no blog, já deve saber que moro no Acre Sergipe. Logo, devem saber sa existência de Thaïs Bezerra, uma colunista social da minha cidade. Eu já havia comentado sobre ela aqui, e queria reponder uma pergunta dessas no Formspring.me (REFLETIU?). Mas como ngm me perguntou, eu transcrevo um ping-pong que fizeram sobre um publicitário de uma agência daqui. Então, enjoy a bagaça! =)

 

Nome: Igor Maia 
Local de nascimento: Aracaju
Signo: Capricórnio; ascendente em Peixes e lua em Virgem 
Perfume: Chanel Allure (#ALASKA) 
Mulher bonita: Eu MORRO pela Iman Abdulmajid.

Homem bonito: HUGH JACKMAN, PEGAEL 
Profissão: Estudante de Direito, aspirante a problogger, conselheiro amoroso, consultor de aleatoriedades… E costumo brigar com as pessoas pela rede. 
Creme para barba: Gilette. RISOS. 
Melhor cidade do mundo: Uma utopia. =) 
Sex symbol: PIRO com Daniel Craig. 
Esporte que pratica: Natação.
Esporte preferido para assistir: Vôlei ou ginástica rìtmica. QUER DIZER. 
Bebida: Martini. <3 
O que gosta de vestir: Sommer, Colcci, Adidas, TNG, Herchcovitch e sites de camisetas personalizadas. 
Para dormir: Um quarto bem arejado e que não bata sol na janela nos finais de semana. 
Religião: Católico.
Animal: Cachorro. (L)
Gênero musical: Rock, post-rock, rock progressivo, electrorock, electropop, eletrônica, acid-jazz, MPB… Vide last.fm 
Refúgio: Sala de TV daqui de casa. 
Shampoo: Garnier Fructis. <3 
Prioridade: RIQUEZA. Lógico. 
Realização pessoal: Ficar em nono num concurso de monografia. Sendo que ele foi produzido em… 48 HORAS. 
Início de carreira: Not yet. 
Qual é a sua melhor qualidade: Sou leal com as pessoas e divertido. 
E o seu maior defeito? Tenho um humor instável. 
Qualidade que admira em alguém: Inteligência. 
Cor predileta de gravata: Prefiro vermelho. 
Cor de sapato: Preto.
Superstição: Desconheço… #lixa 
Não troco, não vendo, não empresto: Meu computador. 
O que mais gosta em seu trabalho? Não trabalho. Sou desempregado. =/ #FAIL 
Desodorante: Rexona antitranspirante SEMPRE. 
Um cigarro antes ou um whisky depois? Nem fumo, e só bebo martini.

Qualidade mais importante em um homem? Caráter.
E em uma mulher? Polidez.
Prato preferido: Lasanha. =9 
Rotina: Estudar, estagiar, Internet… E saideira com os amigos sempre que posso. 
Existe receita de sucesso? Não. Cada um tem a sua e tem de desenvolvê-la. =) 
O máximo do ridículo: Se importar com coisas pequenas. 
Gosta de fazer: Sim.
Amar é… dar e receber. HIHI 
Esportista: Curtindo muito o Cesar Cielo, obrigado por perguntar. 
Humorista: Ultimamente, tenho preferido Pânico.
Momento inesquecível: Minha viagem ao Rio. 
Jeans: Zoomp. (R.I.P. + <3) 
Motivo de orgulho: Ser um excelente amigo. 
Motivo de arrependimento: Tenho alguns, mas a lista é grande. Mas é isso. Arrependimento não mata, ensina a viver. 
Site predileto: Curtindo bastante o Twitter. 
Último CD: O que ouvi: The Fame Monster, da Lady GaGa. O que baixei: This Is War, do 30 Seconds to Mars. 
Largaria tudo por: Um emprego fabuloso. (L) 
Gol de placa: TETESTO futebol. 
Programa legal: Sair com os amigos. Sempre. 
Academia ou personal trainer: Academia.
O que detesta: Gente manipuladora e fraca. 
Deixaria na ilha deserta: Uma listooooona. 
Se não fosse Aracaju, onde gostaria de viver? São Paulo. Ou qualquer metrópole. =P 
Seu maior luxo: Meu Adidas Superstar. Sonhava desde qdo eu era um teen. HAHAHAHAHAHA 
Maior exemplo: Meus pais… E Narcisa Tamborindeguy. AIQUELOUCURA. 
Tem pavor de: Gente feia. RISOS. 
Nas horas vagas: Internet.
Mania: Organizar pasta de música. É um TOC. 
Objeto inseparável: CARTÃO DE CRÉDITO. T.T 
Salgado: Coxinha de franco com catupiry. NHAM. 
Sobremesa predileta: Petit gateau. 
Vício de consumo: Tênis, óculos e aparatos de nerd. (a.k.a. tranqueiras tecnológicas) 
O que mais admira em alguém: Franqueza.
Fruta: Cupuaçu.
Sexo é… Delícia. =9 
Viagem inesquecível: Rio de Janeiro, UHU. 
Elixir da saúde: BOTOX.
Programa de TV: Eu tava curtindo esses dias Cinquentinha. (L) 
Medo de que: Ser um fudido aos 35 anos. =/

Cantor nacional: Olha, eu curto muito Caetano e Ney. (L)
O que acha mais elegante na mulher? Bom-senso.
Fantasia: Tenho FÁRIAHNS. 
Personalidade histórica: Gosto de Napoleão Bonaparte e Winston Churchill. 
Como gosta de ser chamado: Igor, Mikhail ou Mikas. 
Ideal: Haver maior solidariedade com o próximo. 
Livro de cabeceira: Terminando de ler O CÓDIGO DA VIDA.
Sorvete: Cupuaçu ou mangaba. (L) 
O que abomina: Arrogância e pedantismo. 
Saudade: De um época em que eu não tinha tanta preocupação… 
Número da sorte: 1
Melhor atriz: Meryl Streep. 
Melhor ator: Morgan Freeman. 
Casamento: Uma infâmia! =P 
O que você mais aprecia nos seus amigos? Alegria.
Sua atividade favorita é… Internet. \o/ 
Melhor político: Não tenho um em específico. 
Seus autores favoritos: Adoraria ser Clarice Lispector. 
Quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? Abílio Diniz. (L) 
Seu hobby: Música.
Projetos futuros: Aprender francês, arranjar um estágio remunerado e fazer uma big viagem. 
A sua palavra favorita: Infâmia.
Que defeito é mais fácil perdoar? As que não causam mágoa ou repulsa em mim. Mas sou fácil de perdoar, então… 
Melhor presente que já ganhou: UM PS2. (L) 
Dinheiro é… PLENO.
Lazer: Videogame sessions. 
Qual a sua idéia de felicidade? Família e amigos… E alguns milhões na conta. 
E o que seria a maior das tragédias?  
O maior pecado é… Orgulho.
O que o dinheiro não compra? Paz.
Qual o lema de sua vida? A vida, mesmo louca e absurda, é um eteeeeeerno aprendizado. Wee= 
Sonho de consumo: Agora? Um nintendo DS. A curto prazo? Um Fiat 500. 
Frase: Tenho várias. Esqueci agora. =P

 

Qualquer pergunta, vai lá no formspring, certo? Um forte abraço!