RSS

Arquivo mensal: janeiro 2011

#igorismos: O melhor reveillon que já tive.

>Algumas decisões que você toma podem fazer com que você seja feliz. Ou triste. O importante, acima de tudo, é você escolher na opção na qual você acredita. E este post fala sobre isso. O fato de você escolher o que é melhor pra você. Ver que tal opção vai ser mais benéfica a VOCÊ, e não AOS OUTROS. Explicarei melhor neste post.

(Antes de tudo, só queria dizer que tô com pés e corpo cansados, não dormi direito e… Parece, repito, PARECE, que vou dormir all long day. rs)


Tudo começou quando eu havia avisado à minha mãe que eu não iria passar o ano-novo com ela. Ao que ela simplesmente disse: ok. Mas vai passar onde?

– vou passar na Orla.
– certo…
– E só volto de manhã.
– …ok.

E com o pedido tudo certo, confirmei aos amigos que iria pra praia passar o reveillon com eles. E fui na casa do Rodrigo, uma das pessoas mais legais que conheci nesses anos. E junto com eles, o Bola, o Dinho e um amigo deles, o George. Tinha sido o nosso ano. Passamos muita coisa juntos. =) (E TUDO COMEÇOU COM O SHOW DA PRETA GIL, VEJAM VOCÊS). Beleza. Cheguei, e eles ainda não estavam arrumados. Aproveitei, fiquei assistindo televisão… E twittando. rs

Depois disso, todo mundo arrumado, fomos pra praia. O Dinho inventou de ir DESCALÇO PRA PRAIA. Tava meio preocupado. E a gente falando besteiras. Pessoas, lugares, coisas… Bobeiras que só os amigos conversam.

Depois disso, chegamos na praia pra dar um abraço no George, que tinha saído do plantão. Íamos nos divertir, mas a festa acabou BEM cedo. 3 e meia da manhã, já tava tudo encerrado.

E o melhor disso tudo é que fui paquerado, sem saber QUEM me paquerou. Vai saber, né? Talvez alguém que esteja zoando, sei lá.

E meus pés MUITO cansados (/sandy). Enfim, voltamos pra casa de Rodrigo, e a galera de casa me ligando. E eu havia avisado: só ia voltar de manhã. Tomei café na casa dos parentes de Carol, conversamos um pouco, e fim.

=)

Claro, aconteceu muita coisa, mas acho que esse não é o espaço pra falar o que aconteceu ou não. Só sei que foi o melhor dia que já tive. Um dos melhores dias, aliás.

Sou muito grato por esse dia. Obrigado.

(Aracaju, 09 de Janeiro de 2011. A menos de 24 horas do aniversário, escrevendo posts atrasados. esse deveria ter sido postado na Segunda. Mas a preguiça de blogar foi grande. Não é fácil ser blogueiro. É como se você estivesse escrevendo um livro. Ou coisa parecida.)

Anúncios