RSS

>DOSSIÊ SAULO RAMOS / JOSÉ SARNEY – intro.

06 ago

>

Lá estava eu, twittando como se não houvesse e rindo de muita besteira, me lembrei de uma situação curiosa: todo mundo se mobilizando com o #forasarney, alguns blogueiros comentando sobre isso e etc. Mas sabe o que me choca?

O que me choca é que ninguém (sobretudo no monte olimpo da Twittosfera) pediu um comentário de um dos mais ardorosos defensores do Sarney: um dos advogados mais famosos do país e escritor do best-seller “Código da Vida”, do doutor Saulo Ramos.

Mas o que isso tem a ver?

Antes de tudo, o livro é fantástico: praticamente uma estória do Brasil na idade contemporânea, contando causos e litígios complexos, envolvendo empresas e pessoas conhecidas (o pano de fundo da estória é verídico; ele troca os nomes, por ser segredo de justiça; ele se justifica prontamente no prólogo), e fatos curiosos da República Federativa Brasileira.

Mas o mais curioso não é nem esses fatos: é o fato de ele retratar o senador José Sarney diferente de como nós o conhecemos na mídia. Até pq eles são amigos de longuíssima data.

Em alguns capítulos do livro, ele mostrou o b-side do homem poderoso do Maranhão (e que é senador do Amapá). Cogitou até que aquela campanha de desmoralização da Roseana Sarney foi algo forjado pelo FHC (tá no livro) pra prejudicar, ao mesmo tempo que servia pra ascender a campanha de José Serra.

Mas não vi uma citação do Saulo Ramos nos jornais e nas revistas, nem vi um comentário na faculdade (curso Direito, e dr. Saulo é ADVOGADO), ngm na twittosfera comentou sobre uma eventual opinião, nem nada.

– tá Igor, mas O QUE ISSO TEM A VER? Caramba.

Muito simples. Eu comecei a gostar mesmo do Dr. Saulo por causa de agir conforme a ética, sem descumprir o estabelecido pelos seus clientes. Um modelo de advogado, pra mim, com o livro dele (muito bom, FICA A DICA). Ele deu opiniões bem bacanas sobre o bom agir, coisa que falta a muito advogado e a muita gente tbm. O que me surpreende é que não vi uma palavra dele, comentando sobre o fato do Senado, e o Sarney no meio.

Eu, sinceramente, queria que todo mundo tivesse um pouco mais de memória e pedisse, pelo menos, um pronunciamento do outro lado do Sarney, na visão do grande Saulo Ramos. Até pq ele é um grande amigo dele. Ou será que a gente vai ficar sempre com a visão una que a mídia grande/grandões do Twitter sempre mostra? Todas as revistas deram um pitaco, e não o ouviram, cujo livro se tornou best-seller nas livrarias, sobretudo pros acadêmicos de Direito.

E com esse texto, inicio o dossiê.

.

(e quem tiver lendo, repasse a seus colegas de Direito.)

.

(ahan, este é um post muito sério.)

.

.

.

– e esta é a capa do livro, lançado em 2007 pela Ed. Planeta.

Anúncios
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: