RSS

Arquivo mensal: julho 2009

>GTCS: Medellín. \o/

>

 

Hoje a Coluna da Geografia Turística a la Carmen Sandiego vai falar de uma cidade grande da Colômbia: Cartagena. Opa, Medellín. Pra quem não sabe, é uma das maiores cidades da Colômbia, bem desenvolvida e tal.

 

Mas eu não vou falar das minhas impressões.

 

O Enrique Jimenez (um fofo de menino, e meu amigo) tá viajando por esta cidade nestes dias. E o melhor: ele tá fazendo uma espécie de videoblog, contando os acontecimentos, curiosidades e outras impressões acerca da cidade.

 

Pior que ele nem tá a passeio: na verdade, digamos que ele esteja a trabalho. Enfim, o blogueiro deseja tudibom na viagem dele, já que ele tá podendo viajar. E nós, 90% dos mortais, NÃO. D:

 

Aqui estão os primeiros vídeos.

 

Pra mais novidades, acompanhe no blog dele, clicando AQUI.

 

>analyzer + iFODmulequemusic: Rave-o-rama.

>

 

iFodemulequemusic 

+ analyzer. RS

 

Daí que sábado inventei de ir pra rave com a minha irmã. Bem, e que balada CARA. Mesmo sendo open bar e tal, custou os olhos da cara. Mas enfim, foi divertido, algumas coisinhas aconteceram, não dormi na caixa de som dormindo como se não houvesse amanhã (mas dormi na cadeira, grandes merda)… Enfim, foi uma rave pvt, mas pelo menos deu uma ideia de como é a festa.

 

Tava lá, 11:45 da noite de sábado, esperando a rave começar. SIM, Tava lá desde o início da balada, esperando os portões se abrirem (ok, bite me!). Encontrei com alguns amigos da minha irmã, e fiquei na minha.

 

Umas 00:15 abrem os portões… E nada de começar. Mas daí que umas 01:15 começaram o line-up da festa. E começou a tocar um conhecido da minha irmã.

 

Já tomei algumas doses de bebida, junto com refrigerante. E comecei a ficar meio, digamos,… Bêbado. HAUEHAUEHAUEHAUE Daí que encontrei uns amigos da minha irmã, conhecidos por aí, algumas pessoas que via de vista na vida, na festa, na academia que eu malhava, na buatchy intinerante bagacêra que eu levei um fora fudido… Enfim.

 

02:25 da manhã. Alguns caras tinham tirado a camisa, e eu havia percebido que as gurias tavam cumas botas que eram moda em…? 2007? Não me lembro. Tiveram umas corajosas que foram de plataforma, e eu tava meio desorientado, sem saber por onde ir. HEH. XD Fui pro banheiro e… A coisa tava intensa. Nêgo usando o pózinho pra fritar. (não cito nomes pq pertencem à mais alta casta da sociedade sergipana. OK, MENTIRA.)

 

(droga há em tudo quanto é lugar, crianças! dica.)

 

03:15. Depois de dançar muito, de agitar o quadril, eu tava MORTO. Literalmente. Acho que tava no terceiro ou quarto DJ. Num guentei tanto. Depois, fui caçar alguma coisa pra beber. Achei nada. Energético tinha acabado. Refrigerante tbm. Cerveja idem. Tinha água, e bebi um pouco. E sentei na cadeira pq eu tava morto. E cochilei.

 

(nice dream. ZZZZZZZZ. nice dream. ZZZZZZZZ.)

 

04:25. Acordo todo agitado, por um tiozinho que cuidava dos lanches. Eu, todo virado do jiraya, virei atordoado e fui dançar um pouquinho e ver mais gente. E o banheiro masculino bombando, com as pessoas curtindo a vibe… No lado de dentro, e no lado de fora.

 

(nem rolou beijo gay/lésbica, ok? O espaço era por deveras pequeno. Mas era um ensaio do Festival de Glastonbury.)

 

05:15. O sol amanhecendo… E acordo de novo com algum insight ocorrido nas profundidades da minha mente. O céu amanhecendo e saco o óculos que peguei emprestado da minha irmã (e uma amiga dela DEU A ELZA no óculos e na caneca dela; sim, minha irmã levou uma caneca pra consumir) pra apreciar o nascer do sol… que nem DAVA PRA VER. #fail

 

E voltei a dançar feliz, lindo e absoluto. Quando me vem, o staff do Mind The Gap começam a tocar. Cara, eles são bem bonitos. É uma dupla de DJS. E tocam bem, gostei do som deles, até tocaram em importantes festivais de música eletrônica, disse um loko gordinho aí que vi na festa. =P Além de que, antes deles, tinha um rapaz FESHANDO ca cara do povo com um Macbook AIR… Fazendo mixagem do som. MACBOOK AIR? COMASIM GËNT

 

(ah, as fotos da festa? Cliquem AQUI. Se me acharem, mim segui no twitter, RS)

 

Mais ou menos 07:15. Minha tia nos liga e pede pra gente voltar pra casa. Eu? DESTRUÍDO. Minhas pernas doendo. Um rapaz distinto (parecia um britânico de Aracaju, RS) doido do cu atrás de drôgas (SEI DE NADA, SEI DE NADA…), minha irmã toda fazendo a linha pikachu-soltando-choque-do-trovão. É. E assim fomos pra casa felizes pra sempre. E sem ouvir chiados da minha mãe. Ela dormiu no sítio. Quer dizer, mais ou menos. Ouvi os mimimimimi dela depois… ¬¬

 

(CARALHO, 26 reais de táxi?)

 

No mais, dormi às 8 da manhã… E acordei às 4 da tarde. E dei um bolo LINDO na minha amiga, já que eu ia assistir Harry Potter com ela. X.X

 

Mas pedi desculpas a ela, e dei um presentinho legal. ❤ Depois, fui comer tapioca com um amigo.

 

Domingo foi ótimo. Não reclamo. ^^

 

 

Mas não sei se volto pra rave tão cedo. Não faz meu estilo. =~ Pelo menos o que eu fui.

 

>analyzer: Garota da Laje.

>

Ainda vou participar num concurso da garota da laje. Té pq eu MIACABO com a sofisticação das moças. Dentre elas…

– pq meu peito é todo natural, durinho, sem cirurgia PRÁSTICA…

(Do Profissão Repórter desta última semana.)

UPDATE:

Eu não vou participar da Garota da Laje, eu só quero ser juri. Té pq… travas? Não trabalhamos.

 

>Dilemas existencialistas de um rapaz em formação.

>

 

Querido Igor,

 

Já são 04:07, tenho aula às 08:30, o dia todo pra assistir aula, aula e mais aula. Somado ao fato de que tenho de ir pra uma festa rave que vai ter aqui. HAHAHAHAHAHAHAHA E nem pra dormir cedo eu sirvo. Nem pra ciar metas e segui-las eu sirvo. Malditos horários, maldita rotina… E o meu namoro, hein?

Ai, esse meu namoro eu não sei, não tô botando fé. No final das contas, acho que só me amo, mesmo. Não amo as pessoas que eu deveria amar. Não me apaixono tão fácil. É tudo tão difícil…

Ganhar dinheiro é difícil. Fazer amigos é difícil. Namorar e manter um compromisso é difícil. As coisas são difíceis. Acontece que o muito difícil pra mim me desanima. Eu prefiro uma coisa mamão com açúcar.

No mais, aprendi que sou eu, e eu tenho minhas virtudes e defeitos. Não adianta eu atingir a perfeição que não vou conseguir tão cedo. Ou, se conseguir, daqui a uns… cinco anos? Eu ando pensativo sobre a vida, sabe?

Todas as coisas que faço são pra me preencher. Até pq eu sofro com um vazio existencial. Eu sou eu mesmo? O que faço aqui? Cadê alguém que eu possa gostar muito e ela gostar muito de mim, e assim a gente faz um contrato? Eu sempre corri pra fugir da dor iminente, do veneno letal, das coisas que possam me ferir. No final das contas, não serviu nada.

Eu preciso de grana, de ser ouvido. Deser amado e ter meus desejos devidamente correspondidos. E não é fácil pra mim, que tenho tantos desejos e com a absoluta certeza que não vou realizar a metade.

 

E… é isso.

AHN 

-q

 

Max_caradecu

– OMG

 

Gimenez

Luciana Gimenez ficou chokita com um post todo nada a ver.

 

>Sítio?

>

Então, gente, foi bom, descansei, não me irritei nem um segundo sequer. ^^

Uma palavra? SOBREVIVI.

Graça ao PS2, logicamente. 😀
Playstation 2. Desde 2001 salvando pessoas modernas de surtos por falta de tecnologia no campo.
 

>ÇÄFADESAS C IPHONE RSRSRSRSRSRS

>

Robert Wycleff postando. É, é, eu postei o dia dos homi. hahahahahahaha. What’s wrong?

Enquanto eu estava na minha, fazendo minhas coisas, me deparo com um link e quando eu vejo? Um rapper de nome Soulja Boy (WHO? Esse aqui que canta essa música) me aparece de cueca cinza, ratificando aqueeeeeela lenda que a gente ouve quando nos damos por gente:

não viu direito?
-s
E não satisfeito, e com o espírito do Google encorpado dentro de mim (UI), vc procura e acha VÁRIAS fotos de homens se exibindo. Eu, Robert, AMEI esse site (MAIORES DE 18, CRIANÇAS, REFLITAM!), e fiquei em estado-de-arte-petrificada quando vi ISSO:
(Michael Stipe do R.E.M., risos)

Daqui a pouco vazarão fotos de Christian Bale, Ryan Reynolds, Eminem, 50 Cent… *ABAFA*
 

>10 anos de Bob Esponja.

>


(agradecimentos ao blog da Erika Palomino por me lembrar do dia! Texto dela aqui.)

Hoje, dia 17 de Julho de 2009, faz 10 anos de um desenho que é o ÚNICO da Nickelodeon que eu realmente ADORO: o Bob Esponja. Diferente dos outros desenhos de forte humor negro/irônico (como o South Park e Ren & Stimpy), a estória agradou por ser inocente e boba, beirando ao non-sense.

Como é que a gente gosta TANTO do Bob? Eu, sinceramente, não sei. Eu amo o desenho, as situações bizarras, os personagens nonsense, o aspecto multicolorido da coisa… Aiai, grande Bob. ÍCONE dos anos 00. falando em ícones dos anos 00, tenho de comentar brevemente sobre um projeto novo meu de blog, que vai falar da década de 00. Stay Tuned!
Eu nem tenho o que falar muito. Assista ao desenho (coisa BEM difícil. Todo mundo já deve ter visto.)
O que sei é que me CORROÍ (sic) de inveja do Daniel, que escreve o Chato no Ar:
(lembrando que a escultura do Bob Esponja só ficará exposta até Domingo no Pão de Açúcar, localizado no Rio de Janeiro. E é o único lugar encontrado lá. CORRE. Pq vc não vai ver essa estátua tão cedo. COMO EU. D:)